Centro Cultural Taichung

Taichung, Taiwan

Ficha Técnica

Área do terreno
26.000,00 m²
Área construída
62.130,00 m²
Conclusão
2013

Projeto

Arquitetura
Jacobsen Arquitetura
Equipe
Paulo Jacobsen, Bernardo Jacobsen, Caroline de Oliveira, Christian Rojas, Edgar Murata, Elisa Ju, Fernanda Maeda, Francisco Rugeroni, Henrique Vetro, Jaime Cunha Junior, Marcela Siniauskas, Maya Leal, Pedro Henrique Ramos, Rafael Zampini, Raiane Calistrato, Rafael de Oliveira, Veridiana Ruzzante
Interiores
Jacobsen Arquitetura
Estrutura
GOP
Paisagismo
Cenário Paisagismo
Sustentabilidade
GET
3D/Animações
Jacobsen Arquitetura, Metro ao Cubo

A necessidade de organizar harmoniosamente o grande e complexo programa demandado pelo concurso num terreno relativamente pequeno, nos fez pensar em uma arquitetura vertical ou uma massa construída muito pesada. A nossa primeira abordagem para integrar a cidade e o parque através do projeto foi a criação de um enorme espaço publico livre e fluido, materializado através da suspensão de todas as áreas úteis a pelo menos 5 metros de altura. Flutuando como lanternas, estariam fragmentadas as distintas atividades do museu e da biblioteca em blocos menores em função dos diferentes usos, reduzindo o impacto visual e garantindo a continuidade de espaços, do entorno, da luz e dos ventos.

A monumentalidade se expressa não só por uma forma iconica, mas também pelo lúdico e o poético, sensibilizando o visitante a uma ligação imediata com a construção, através da leveza e de transparências. Fragmentando o todo, propomos uma contínua mudança das partículas através da luz, dando a noção de tempo e espaço, estimulando cumplicidade, interação, contemplação e acolhimento.

Como continuação do exterior para o interior, os halls de museu e biblioteca, serão microclimas formados em torno da variação de altura das lanternas, tendo como decorrência planos transparentes, sombreados pelos volumes que flutuam. A partir desses enormes espaços, todas as conexões se estabelecem de forma dramática, porem clara e natural.

Mais que um centro cultural de qualidade mundial, acreditamos que nossa proposta tem a capacidade de se transformar em um importante local de interatividade cultural e atividades sociais. Mais que um landmark ou portico para o gateway park, uma arquitetura contextualizada através de estratégias energéticas e qualidades espaciais baseadas no clima e nos costumes das pessoas de Taichung city.

Share:

Próximo projeto Loja GM