Residência MAA

Jardim Europa, SP

Ficha Técnica

Área do terreno
500,00 m²
Área construída
717,00 m²
Conclusão
2009

Projeto

Arquitetura
Bernardes + Jacobsen Arquitetura
Equipe
Daniel Vannucchi, Edgar Murata, Henrique de Carvalho, Jaime Cunha Junior
Interiores
Bernardes + Jacobsen Arquitetura (Eza Viegas)
Equipe
Débora Stefanelli
Iluminação
Studio iluz
Paisagismo
Isabel Duprat
Fotos
Leonardo Finotti

O projeto desta residência respondeu ao desafio de atender, em um pequeno lote urbano, as expectativas do cliente que pretendia ali fixar sua residência principal e futuramente de sua família.

Somou-se a isso nossa intenção de provocar uma solução final que fosse estruturalmente leve e paisagisticamente inserida entre a abundante arborização que caracteriza o bairro em que esta situada. Para isso, desde os modelos iniciais até a fase executiva, o desenvolvimento do projeto arquitetônico dependeu de um afinamento com os demais projetistas envolvidos.

Depois de insistirmos junto aos calculistas numa solução que atendesse às nossas exigências por colunas esbeltíssimas, os pilares metálicos maciços, com 13,3cm de diâmetro dão leveza à composição volumétrica e não são empecilhos para a contemplação do jardim nem para a diluição das salas num dia em que os painéis de vidro estão todos recolhidos.

Buscando uma casa arejada e integrada com a natureza, utilizamos ventilação e iluminação natural intensificados por um jardim interno no pavimento superior.

Esta conjugação desde a fase inicial permitiu que o sistema principal de distribuição de instalações fizesse uso de um shaft que concentra e distribui as redes pela casa. Tal solução, além de tecnicamente eficiente, abriu espaço para criação de ambientes confortáveis e adequados à proporção geral da casa e ao contexto.

Outro item que mereceu uma série de estudos e preparação de protótipos em obra foi dos elementos de vedação e proteção da casa, cujo resultado deveria concordar com a leveza obtida na solução estrutural. Os painéis de madeira que fecham e preservam o espaço intimo em todo pavimento superior definem a volumetria da edificação, que se torna instável com o movimento das folhas de madeira protegidas por um amplo e esbelto beiral.

Share:

Próximo projeto Residência ZS