Jaguariúna, SP

Ficha Técnica

Área do terreno
13.000,00 m²
Área construída
700,00 m²
Conclusão
2001

Projeto

Arquitetura
Cláudio Bernardes & Jacobsen Arquitetura
Iluminação
Neide Senzi
Paisagismo
Isabel Duprat
Fotos
Leonardo Finotti, MCA Studio
1999_residencia_sf_2
1999_residencia_sf_3
1999_residencia_sf_4

Este projeto procurou explorar as características arquitetônicas tradicionais de uma fazenda – como se percebe, especialmente, no programa horizontal da sede, no desenho convencional do telhado de barro e na integração das cores, escuras, da fachada, por meio das quais se buscou, com sucesso, um tom colonial para o conjunto.

1999_residencia_sf_5
1999_residencia_sf_6
1999_residencia_sf_7
1999_residencia_sf_8

No primeiro pavimento, defronte ao jardim, sobressai a varanda muito profunda – especialmente arejada pelos grandes vãos da estrutura. A sala, em que o embasamento de pedra dialoga com o madeiramento do teto, serve-se do pé-direito duplo para possibilitar o confortável mezanino – espaço que abriga a biblioteca da casa. Neste nível térreo, destacando-se dos cômodos de estar, encontra-se a ampla cozinha gourmet, cuja cobertura – vidro sobre treliça de madeira – proporciona uma iluminação natural de efeito lúdico.

1999_residencia_sf_10
1999_residencia_sf_9
1999_residencia_sf_12
1999_residencia_sf_11

Todos os quartos ficam numa área reservada do segundo andar, ao qual se tem acesso pelo pátio interno – que é, também, o hall de entrada da casa.

1999_residencia_sf_15
1999_residencia_sf_14
1999_residencia_sf_13

A faceta moderna do projeto é imperceptível desde a sede – e não se vislumbra sequer da tenda de apoio, no jardim. Sob a piscina, porém, valendo-se uma falha artificial do terreno, desenvolve-se e “esconde-se” o spa, coberto por uma estrutura de vidro e aço, em que figuram, também, a piscina em forma de raia e o jardim interno.

1999_residencia_sf_implantacao
1999_residencia_sf_pavto_terreo
1999_residencia_sf_pavto_superior
1999_residencia_sf_elevacao